Far Cry 3 – Jason Brody no País das Maravilhas.

farcry3

Far Cry 3 se trata de um game de ação em primeira pessoa em que você é Jason Brody, um jovem  que em um período de férias ele e seus amigos decidem pular de paraquedas em um conjunto de ilhas chamada de Rook Islands. O que Jason e seus amigos não contavam é que a ilha é habitada por piratas que trabalham com tráfico de humanos e drogas e todos são capturados. Jason consegue escapar e começa uma grandiosa jornada para que ele consiga a força necessária para resgatar seus amigos.

Se você já jogou Far Cry 3, é fácil perceber que há algumas referências de Alice no País das Maravilhas durante algumas passagens do jogo. Porém, o que muitos jogadores não percebem é como essas referências estão tão fortes e presentes. Elas se encontram nos personagens, cenas e até mesmo nos itens. Algumas com uma claríssima evidência, outras nem tanto, baseando-se em especulações. Vou dividir esse artigo em duas partes. Essa primeira irá contar apenas sobre os personagens e seus equivalentes, e na outra cenas e o universo do game em si em relação a Alice. Se você ainda não zerou o jogo eu o recomendo fazer primeiro para uma compreensão maior desse texto, além é claro de evitar possíveis spoilers.

alicechá

Dando uma rápida explicação “Alice no País das Maravilhas” é um livro de Lewis Carroll publicado em 1865 e conta as aventuras de Alice, uma criança que viaja em um fantástico mundo imaginário. O livro obteve um grande sucesso e teve diversas adaptações para o cinema, sendo a mais popular delas o filme da Disney de 1951. A obra pode ser interpretada de várias maneiras, até mesmo para um lado obscuro, do qual se baseia que a viagem de Alice foi uma alucinação por uso de drogas. E Far Cry 3 se inspira exatamente na interpretação mais “macabra” da obra para construir sua própria narrativa. Sem mais delongas, vamos aos personagens e seus equivalentes.

Jason Brody

jason brody Alice

O personagem principal do jogo. Como já foi explicado, o objetivo inicial de Jason é resgatar seus amigos capturados. Jason antes do jogo era um playboy que em sua vida acadêmica tinha grande habilidade em diversos esportes radicais. Trabalhava como fotógrafo e era um rapaz comum que ia para as baladas se divertir, viajando ao redor do mundo com os seus amigos sendo todos capturados em uma dessas viagens. Sua fuga do acampamento de prisioneiros e seu encontro com Dennis Rogers, um nativo da ilha que o salvou, mexem com a sua cabeça o convencendo que a ilha o atraiu e que ele era um guerreiro da tribo dos Rakyat, tribo nativa da ilha e da qual Dennis faz parte e que iria começar a travar uma guerra contra aqueles que a dominaram.

Jason é inspirado em Alice obviamente, dado o caráter de ser o personagem principal. Ao redor de suas jornadas ambos acabam perdendo um tanto da sua sanidade. Em um ponto da jornada de Alice ela comenta com a Lagarta que não consegue explicar quem ela é pois mudou muitas vezes. Paralelamente em Far Cry, Jason fica irreconhecível para seus amigos pois o mesmo rapaz normal de antes virou um guerreiro amante de sangue e batalhas, realmente se sentindo parte da tribo Rakyat.

Vaas Montenegro

vaasgato risonhocoelho branco

Um dos principais vilões do jogo e seu rival, Vaas Montenegro é o vilão que você vai amar odiá-lo. Claramente inspirado no Coringa do filme Batman: o Cavaleiro das Trevas, Vaas é o líder dos piratas que controlam parte da ilha e o comércio de drogas e humanos. De longe Vaas é um dos personagens mais bem construídos do game e fica difícil apontar qual personagem de Alice ele se baseia, se é que houve de fato algum.

No caso de Vaas temos suposições. Ele se encaixa tanto no perfil do Gato Risonho como o do Coelho Branco. O Gato Risonho devido a ele ser um personagem imprevisível, fazendo aparições inesperadas e com o seu famoso diálogo sobre insanidade, além de seus ataques de loucura. O Coelho Branco pois é Vaas que de certa forma atrai Jason para o mundo particular de Rook Islands e também em uma cena em que Vaas prende Jason em um casarão. Nessa cena Jason é capturado tentando resgatar sua namorada, Liza Snow. Vaas põe fogo na casa, o que podemos fazer uma analogia com a cena que Alice fica presa na casa do Coelho e o Dodô sugere que queimem a casa.

Dr. Alec Earnhardt

Far-Cry-3-Gameplay-Dr-Earnhardt Chapeleiro Malucolewis carroll

Dr. Alec Earnhardt é um doutor nascido na cidade de Oxford, Inglaterra. Após sua filha de 2 anos Agnes morrer ao cair do décimo andar do apartamento em que moravam, Earnhardt deixa a Inglaterra e vai morar em Rook Islands, da onde sobrevive produzindo e vendendo drogas no mercado negro.

Dr. Earnhardt é inspirado no Chapeleiro Maluco. Sua feição nos faz lembrar bastante o personagem, fora o fato dele estar sempre um pouco “fora do normal” sob efeito dos alucinógenos que ele mesmo produz. O mais curioso de tudo é que Earnhardt possui referências também no autor Lewis Carroll, pois Carroll lecionava matemática na Universidade de Oxford, Inglaterra, e tinha um carinho especial por meninas mais novas (no caso de Far Cry, Earnhardt trata Daisy, uma das amigas de Jason como sua falecida filha com todo o cuidado e carinho em uma inocência que beira o amor paterno).

“Bambi” Buck Hughes

buck hughes gato risonho

Um dos vilões do jogo, Buck Hughes era um soldado das Forças Armadas da Austrália mas foi dispensado por seus superiores por ser um torturador. Começou a trabalhar como um mercenário freelancer viajando ao redor do mundo até chegar em Rook Islands e se estabelecer por lá trabalhando para Hoyt Volker, maior traficante de drogas e humanos do Pacífico Sul. Buck compra de Hoyt um dos amigos de Jason, Keith Ramsay, e para que Jason possa resgatá-lo deve cumprir uma série de exigências impostas por Buck.

No caso de Buck ele tem uma leve influência do Gato Risonho (ou Chesire Cat como os indies gostam de chamar), fazendo aparições e desaparecendo do nada igual ao Gato da obra e indicando possíveis caminhos que Jason deve seguir.

Citra Talugmai

citra lagarta

Líder dos guerreiros Rakyat, Citra tem ligação com Vaas e é uma personagem que lhe fará algumas exigências para que de fato aceite  Jason em sua honrada tribo. Assim como Vaas, Citra é uma personagem que deixa mais suposições se foi inspirada em algum personagem de Alice no País das Maravilhas ou não.

Ao que tudo indica ela tem uma influência bem rasa da Lagarta, perguntando algumas vezes a Jason quem ele é e confundindo-o a respeito de sua própria identidade.

Privateers

privateers vlcsnap-2013-11-21-17h01m34s148

Os Privateers, soldados que servem o exército particular de Hoyt, são mercenários contratados para fazer sua segurança pessoal e proteger seus negócios. São muitíssimo bem equipados e são soldados que vieram de diversas localidades e confrontos.

Quanto a estes soldados, são uma claríssima referência as cartas que servem a Rainha de Copas, dado sua lealdade com Hoyt (a Rainha) quanto a cor do seu uniforme (no filme da Disney o verso das cartas são de cor amarela).

Sam Becker

sam becker ás de copas

Sam Becker, um agente alemão infiltrado no exército de Hoyt. Trabalha na verdade para Willis Huntley, agente da CIA que ajuda Jason boa parte do jogo. Como um presente de despedida, Willis indica Sam para Jason, com objetivo de destruir Hoyt e seu exército. De longe um dos meus personagens favoritos do jogo.

Assim como os Privateers, Sam é inspirado no baralho da Rainha de Copas, nesse caso o Às de Copas que ajuda Alice (Jason) a se encontrar com a Rainha (Hoyt), mas que é severamente punido por suas ações.

Hoyt Volker

hoyt volkerrainha de copas

Hoyt Volker. Chefe de Vaas que comanda todo o comércio de drogas e escravos do Pacífico Sul. Possui o seu próprio exército particular composto por mercenários e em certo ponto da trama oferece uma promoção a quem matar Jason, cedendo parte da ilha para seu uso particular, igual Vaas.

Como dito anteriormente, Hoyt Volker é inspirado na Rainha de Copas. Ambos são personagens perversos que possuem seus próprios súditos e que punem severamente aqueles que os desobedeçam. Fora isso, no universo de Far Cry, em uma das cenas você joga cartas com Hoyt, ficando ainda mais claro a influência da Rainha de Copas sobre Hoyt.

Fim da primeira parte.

Bom, essa foi a primeira parte. Diversas informações foram pesquisadas e acuradas gerando esse “catadão”.Como dito anteriormente algumas informações são apenas suposições baseadas em opiniões pessoais quanto ao jogo e ao filme. Dúvidas, elogios, críticas, se você concordou com alguma parte e outra não me deixe saber! Na segunda parte falarei sobre outras referências do jogo quanto a Alice como as citações que aparecem e análise de algumas cenas! Até a próxima!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s