Far Cry 3 : Jason Brody no País das Maravilhas – parte 2.

jasob brody 2

E aí pessoal, beleza? Aqui vai eu falando mais um pouco de Far Cry 3. Como achei que o texto da primeira parte ia ficar enorme se eu colocasse todas as informações de uma vez, resolvi dividir em duas partes sendo essa a última.

Já falei que Far Cry 3 tem referências quanto a obra de Alice no País das Maravilhas das quais coloquei diversas comparações, algumas bem sutis. Nessa segunda e última parte vou falar sobre o que há de mais evidente quanto Alice que são as cenas! Vou falar das seis citações da obra que aparecem no jogo e mais algumas cenas fazendo comparações.

Pra começar temos esse vídeo que tem todas as citações da obra no jogo:

Sem mais enrolação vamos pegar uma a uma dessas citações e apontar a quais partes do jogo elas se referem:

Primeira citação

alice quote far cry3

“Em um instante Alice desceu atrás dele, sem pensar em como faria para sair de novo”.

Essa primeira citação é sobre a parte em que Alice segue o Coelho Branco até a sua toca e entra em outro mundo, bem no começo do livro/filme.

Fazendo um paralelo com Far Cry, Jason não imaginava que um simples passeio em ilhas paradisíacas iria jogá-lo em um mundo totalmente diferente do qual ele estava acostumado. E logo de cara podemos ver algumas semelhanças na cenas inicias do jogo com o filme de Alice:

far cry 3 parachute alice falling

Jason e seus amigos saltando de paraquedas em Rookie Islands e Alice planando (como se estivesse em um paraquedas) dentro da toca do Coelho.

jason in water alice bottle

Jason caindo na água após fugir do acampamento de prisioneiros e prestes a conhecer a tribo Rakyat e também um outro mundo. Alice depois de passar pela porta da toca do Coelho e prestes a conhecer o Dodo e passear por outro mundo.

Segunda citação

alice quote far cry3(2)

“Eu gosto mais da Morsa” disse Alice: “Porque se você ver ela teve um pouco mais de pena das pobres ostras.” “Ele as comeu mais do que o Carpinteiro.” disse Tweedledee.”

Essa passagem na verdade é do segundo livro da obra, Alice Através do Espelho, mas que teve uma cena adaptada no filme de 1951. É sobre uma história que os gêmeos Tweedledee e Tweedledum contam para Alice que se chama “A Morsa e o Carpinteiro” em que esses dois personagens do conto enganam um grupo de ostras para fazerem delas o seu jantar.

                                       morsa e carpinteiro                    hoyt privateers      vaas montenegro

Extremamente fácil fazermos uma alusão com Hoyt e Vaas. Em uma rápida análise Vaas seria o Carpinteiro e Hoyt, a Morsa. Na visão de Alice quanto ao conto ela acha a Morsa mais piedosa, mas segundo Tweedledee é exatamente ela que comeu mais ostras.
Em Far Cry 3 temos Vaas, extremamente impiedoso e sádico para com seus reféns e o povo Rakyat, o que nos faz acreditar por um tempo que ele é o principal vilão do jogo, sendo revelado depois por Dennis que toda a maldade da ilha vem na verdade de Hoyt, pois ele é quem manipula Vaas e controla o comércio de escravos.

Terceira citação

alice quote far cry3(3)

“Oh, você não pode evitar”, disse o Gato: “Somos todos loucos aqui. Eu sou louco, você é louca.”

“Como você sabe que eu sou louca?” disse Alice.

“Você deve ser”, disse o Gato, “ou você não teria vindo aqui”.

Essa parte é quando Alice se encontra com o Gato Risonho. Em Far Cry fala sobre a personalidade de Jason que se transforma cada vez mais ao longo de sua jornada. No começo ele se apavora quando mata o primeiro pirata ao escapar do acampamento. No entanto mais para frente em uma conversa com sua amiga Daisy, Jason fala que no começo achava errado matar mas que agora se sente como um vencedor.
Também temos outra cena em que encontramos o agente Willis Huntley que diz manter a bandeira americana dentro de sua base pois há ordem, sociedade, e fora, na floresta, você se esquece da onde veio e quem você é (infelizmente não consegui pegar a conversa com Daisy em português).

jason and daisy willis speaking

E é claro o discurso mais famoso de todo o jogo:

Quarta citação

alice quote far cry3(4)

“Já adivinhou a charada? disse o Chapeleiro voltando-se de novo para Alice.

“Não, eu desisto,” Alice respondeu: “Qual é a resposta?”

“Eu não tenho a menor ideia” disse o Chapeleiro.

Alice em uma conversa com o Chapeleiro Maluco em sua mesa de chá. Quanto a essa passagem são mais especulações do que afirmações. Acredito que diz respeito ao destino de Jason e seus amigos na trama e o que realmente os Rakyat querem com ele. Podemos especular também quanto ao grande confronto com Vaas pois é realmente difícil entender o que aconteceu.

vaas confronto

Quinta citação

alice quote far cry3(5)

“O que quer dizer com isso?” disse a Lagarta esbravejando. “Explique-se!”

“Eu não consigo me explicar, tenho receio senhor.” disse Alice. “Porque eu não sou eu mesma, entende?”

“Não entendo”, disse a Lagarta.

Alice quando encontra a Lagarta e a mesma lhe enche de perguntas sobre quem e o que Alice é. Mais uma vez temos uma passagem sobre a personalidade de Jason. Em certa parte da história ele já não se reconhece mais, tampouco seus amigos. Ele acaba tendo crises de identidade e começa realmente a se sentir um guerreiro Rakyat, entrando em discussão com sua namorada Liza.

liza speaking

Sexta citação

alice quote far cry3(6)

“Tudo tem uma moral, basta encontrá-la.”

O último trecho que aparece no jogo. Esse trecho podemos encontrar no livro em uma conversa da Duquesa com Alice e essa frase é bastante atribuída também ao autor Lewis Carroll. Em Far Cry o seu significado para com a história é sobre as atitudes que Jason deve tomar para salvar os seus amigos não importando o que ele tenha que fazer (como ser obrigado a torturar o próprio irmão para  poder resgatá-lo depois).

jason riley

Cenas

Por fim, temos mais algumas referências de Alice em outras cenas do jogo:

Jason e os cogumelos

jason cogumelos  alice cogumelos

Em uma certa missão, Dr. Earnhardt pede a você para que pegue alguns cogumelos para preparar um remédio para sua amiga Daisy. Jason entra em uma caverna para pegá-los e começa a sofrer alucinações, com objetos surgindo e desaparecendo. Uma forte referência com a cena em que Alice come pedaços de um cogumelo para mudar de tamanho.

Eat Me!

far cry 3 eat me  alice eat me

Acho que não há muito o que explicar não? Você encontra essas “pílulas” na caverna do Dr. Earnhardt e comê-las vai fazer com que Jason se lembre de alguns acontecimentos que o trouxeram a Rookie Islands.

Acordando do pesadelo

after hoyt queen after alice

Essa cena ocorre após você enfrentar Hoyt. É uma cena extremamente tensa e do ponto de visto crítico uma situação extremamente difícil de Jason ter saído vivo. Após enfrentar Hoyt,  todos os soldados presentes misteriosamente aparecem mortos, como se Jason tivesse acordado de um pesadelo.
É uma cena muito difícil de explicar buscando apenas especulações e comparando com as cenas finais do livro e do filme de 1951, em que Alice é perseguida pela Rainha de Copas e suas cartas em uma situação caótica que acaba envolvendo todos os personagens da obra. Alice acorda e volta para a sua realidade, vendo que toda a sua viagem foi apenas um sonho.

Papo Furado

Bom pessoal esse é o término da minha análise de Far Cry 3 com Alice no País das Maravilhas. Muitas informações são opiniões pessoais baseadas em pesquisas a respeito das obras de Lewis Carroll, o filme da Disney de 1951 e o próprio jogo, é claro. Algumas são comparações evidentes e outras, suposições. Se tiver elogios, críticas e palpites me deixe saber! É só deixar seu recado nos comentários que eu respondo! Um forte abraço e até a próxima!

Anúncios

11 comentários sobre “Far Cry 3 : Jason Brody no País das Maravilhas – parte 2.

  1. Cara, simplesmente genial, acabo de fechar o game, e ja estou fechando outra vez, até então não havia entendido essa historia de Alice sendo relacionado com o FC3. Tu explica muito bem, parabéns” ❤

    Curtir

    • Muito obrigado Vinícius! Fiquei tão fascinado quando joguei que me motivou a querer escrever sobre ele e sobre games no geral! Se quiser deixar alguma sugestão de jogos para eu escrever fica a vontade! Abração!

      Curtir

      • Tem 2 jogos que eu recomendaria, “Spec Ops: The Line” (um dos melhores jogos que já joguei, história fascinante, mas um pouco complexa pra entender) e o “Hotline Miami” (gostei muito dele, fechei ele sem entender bulhufas da historia, tive que suar um pouco a camisa pra entender a historia, mas valeu a pena), tem o Hotline Miami 2 também, saiu esses meses, mas esse já não posso recomendar, pois ainda não comprei o meu 😦

        Curtir

  2. Perfeito! Não joguei nenhum dos dois mas esse Spec Ops me chamou muito a atenção. Talvez leve um tempo pois tenho que jogar e pesquisar a fundo para trazer um texto bem legal. O Hotline Miami eu achei meio weirdo mas vou tentar também 😀

    Curtir

  3. parabens meu amigo ja virei esse game umas 7 vezes e acho uma obra de arte pq o que mais me prente em um game e sua historia em si ficou exelente sua analise parabens pelo esforco e continue assim forte abraco

    Curtir

  4. Sou eu aqui de novo… tenho mais uma sugestão, se trata do jogo Until Dawn, exclusivo do PS4, gostaria muito que você escrevesse sobre ele, gostaria muito de ler sobre a lenda que o jogo retrata (os “wendigos”) nas suas palavras… 🙂

    Curtir

    • O Until Down (Meu Tio Down, tu dum tss) vai ser mais complicado de fazer porque não tenho mesmo como jogar =((

      Tô te devendo o do Spec Ops, mas vai rolar! Tb tô com alguns posts pra fazer e pouco tempo, aí tá um pouco complicado pra fazer, abração! 😀

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s